cacando tatu tremembe espanhol para dar ourinhos bebe novo hamburgo pintar restaurante

Tudo sobre o cachorro e sua mistura com outras raças, se serve pra caça, características da fêmea e do macho, melhores exercícios de adestramento e trabalho para estes cães, canil brasileiro para comprar, preço de venda e adoção

Origem da Raça:

O perdigueiro ou perdigueiro português surgiu na Europa de origem portuguesa. Possui esse nome por ser um cão caçador de aves, especialmente utilizado para caçar perdizes. É um gundog, ou seja, um cão de caça da categoria pointer.

Os pointers, aqui chamados de cães de aponte, farejam a caça no ar e quando a encontram ficam totalmente paralisados e apontam em sua direção. Então, o caçador pode dar o comando de ataque e captura ou passar a frente do cão na direção apontada.

A primeira aparição histórica documentada de um perdigueiro é datada do século X em uma lápide sepulcral na Igreja de São João Batista de Tomar em Portugal. Os cães chegaram ao Brasil trazidos pela corte portuguesa quando Dom João VI fugiu de Napoleão Bonaparte abandonando a capital portuguesa.

Já no Brasil, com a chegada da corte e os aumentos de impostos sobre a população a crise financeira aumentou e fez com que os locais voltassem sua atenção à caça para alimentação. O interesse pelos cães de caça tipo pointers, como o perdigueiro, chegou para ficar.

Características:

Durante os dois mil anos em que os cão perdigueiro esteve presente na história da humanidade, sua aparência não mudou quase nada. Possui a mesma cabeça quadrada com orelhas triangulares e tamanho mediano.

O macho da raça perdigueiro pesa de 20 a 27 kg enquanto as fêmeas podem pesar de 16 a 22 kg. A altura do macho é de até 62 cm na cernelha e a fêmea pode chegar até 56 cm na cernelha.

Possuem o pelo curto e liso. A penugem do animal, quando bem tratada, fica macia e brilhante.


inverter pastor sandor valor ofertas imagens bolo sol comercial treino

Filhote vs Adulto:

As habilidades que fazem do perdigueiro um excelente cão de caça podem ser reconhecidas desde quando ele é filhote. O filhote de perdigueiro é ativo e muito curioso. Gosta de brincar de capturar coisas. Adapta-se bem à vida de família e tem um bom relacionamento com outros animais.

O cão perdigueiro adulto é muito amável e brincalhão. Gosta de correr, e esconder coisas. É comum encontrar esconderijos no quintal ou em algum espaço da casa com brinquedos e ossinhos que ele leva para lá.

Melhores Exercícios:

Os cães perdigueiros são inteligentes, amorosos e fáceis de seguir comandos, por isso é muito importante treiná-los desde pequenos. Quanto mais cedo começar mais obediente e bem treinado ele vai ficar.

Na hora de escolher o treinamento adequado tenha em mente o seguinte:

  • Instinto de caça – talvez você não precise de um grande caçador, mas não pode ignorar o instinto milenar do seu cãozinho, por isso é bom apresentar brinquedos que captem sua atenção por grandes períodos de tempo, e aprender a jogar com seu animal. Cabo de guerra e jogar objetos para que ele traga de volta para você exercitam estes instintos de uma forma sadia.
  • Displasia da anca – Esta é uma doença característica da raça e provoca muitas dores no animal. Ela está relacionada ao peso do cão, por isso é importante que ele se alimente bem e exercite-se diariamente. Pode ser diagnosticada à partir do décimo mês e tem tratamento. Se perceber que o seu cãozinho manca de uma das patas, leve logo ao veterinário.
  • Cão atlético – Por ser um cão de caça é um cão muito atlético que precisa se movimentar e fazer no mínimo, longas caminhadas. Isso ajuda no desenvolvimento muscular.

A ração para perdigueiros deve ser especial para cães de porte médio com proteínas de qualidade para desenvolvimento dos músculos. Não deve ter corantes nem aromatizantes artificiais. Deve ser enriquecida com vitaminas e minerais.

Peça a orientação do seu veterinário e obedeça as quantidades diárias indicadas para cada fase do seu cão.



Cores:

As cores do perdigueiro possuem um tom amarelado e marrom com peito branco. Nas misturas com outras raças podem aparecer variações de pretos e malhados.

Comportamento e Personalidade:

Ele é um cão obediente e dócil que se apega facilmente ao dono e à família que o adotou. Algumas das características de comportamento e personalidade do cão perdigueiro são:

  • Inteligência;
  • Alto nível de energia;
  • Obediência;
  • Territorialista;
  • Apego aos donos;
  • Gosta de latir muito.




Adestramento:

O adestramento deve começar logo quando o cão é filhote. Treine-o a seguir comandos básicos como sentar, deitar e seguir. Recompense-o cada vez que fizer algo certo para encorajar o bom comportamento.

Uma das características da raça que mais incomodam os donos é o latido. Porém, o perdigueiro tende a ser bastante obediente. Ensine-o a quando deve latir e quando deve calar. Use comandos simples como “fale” ou “quieto” e logo o seu cãozinho vai obedecer.

Determine espaços onde é permitido fazer as necessidades. O filhote do cão perdigueiro nunca irá dormir no mesmo lugar em que faz as necessidades, portanto é melhor apontar lugares diferentes para as duas coisas.

Canil de Criador:

Existem vários canis de criação do Perdigueiro no Brasil. Prefira sempre aqueles com nome e tradição. Consulte as avaliações de clientes antigos para ter certeza que o estabelecimento é um lugar sério e comprometido com o bem estar dos animais. Evite comprar seus animaizinhos em páginas de classificados como Mercado Livre e OLX. Dentre os criadores informais podem existir pessoas bem intencionadas que cuidam bem dos animais, mas a maior parte dos vendedores informais só está preocupada com o lucro e acabam maltratando os animais durante o processo.

Por toda a internet você pode encontrar casos de canis que mantinham as fêmeas amarradas para o coito e seus filhotes eram criados em péssimas condições sanitárias. Se suspeitar que algum estabelecimento possui más práticas denuncie para que seja investigado.


pesca sao jose dos campos site imoveis burgos pointer mulher significado encontrar

Compra, Preço de Venda e Adoção:

O perdigueiro é um cachorro muito querido e requisitado. O filhote do perdigueiro puro custa em média R$ 800,00 reais.

A adoção é uma escolha maravilhosa pois ela diminui a população de cachorros de rua e muda a vida de quem adota e do animal adotado. Nem sempre é possível escolher a raça ou idade do bichinho, mas o amor em retorno é certeza. Nós encorajamos a adoção consciente.

Clique aqui para conhecer o Pastor Belga de Malinois

Francês
Inglês
Maior do Mundo
Sonhar
Golden
Lulu
Pequenos
Nomes
Pastor



Loading...