Você já ouviu falar dos Goldendoodle? Um cãozinho adorável e brincalhão que surgiu a partir da necessidade e do cruzamento de duas raças, Poodle e Golden Retriever.

Essa mistura deu origem a um cão dócil, amável e de boa companhia que vamos te apresentar com mais detalhes neste artigo.

Qual a origem dessa raça e como é o cruzamento?

O Goldendoodle foi criado, no início dos anos 1990, com o intuito de ser um cão guia e um cão terapêutico, função muito exercida pelo Golden Retriever, porém voltado para pessoas alérgicas.

Com a missão de atender essa necessidade, o cruzamento entre Golden Retriever e Poodle foi uma boa opção, os Poodles não soltam tanto pelo o que é benéfico para os alérgicos e os Golden Retrievers são conhecidos pelo seu temperamento dócil e facilidade para exercerem a função de cães guia.

Os primeiros filhotes nasceram nos Estados Unidos e Na Australia, no ano de 1992, são considerados uma raça hibrida, devido ao cruzamento de duas outras, portanto não contam com uma classificação oficial.

Quais são as principais características do Goldendoodle?

Eles pode ter três portes diferentes, Grande entre 20 e 30 quilos; Médio entre 14 e 20 quilos e Mini chegando até 06 quilos.

A pelagem desse cão chama atenção por sua beleza, são pelos longos e encaracolados devido as raças que deram sua origem, seu pelo pode ter cores como o dourado herdado do Golden Retriever, ou cinza e branco do Poodle, mas comumente variam entre dourado e creme.

Sua aparência é bem harmoniosa, sua pelagem sofre alteração de quando filhote para sua fase adulta.

Quando filhotes possuem bastante pelo e sendo ele liso, a partir da sexta semana a pelagem se torna aos poucos mais densa, aos seis meses de vida seus pelos já estão completamente enrolados e permanece assim durante sua vida.

Os pelos são em maior quantidade principalmente na região da face, calda e patas, possuem corpo esguio e cumprido, contrastando com uma calda curta, a cabeça é longa e fina e possui um focinho escuro e proeminente, suas orelhas são grandes e caídas, dando um ar convidativo.




Existe uma pequena diferença de altura entre as fêmeas e os machos, sendo as fêmeas cinco centímetros menor que os machos, geralmente.

A expectativa de vida deste cão gira em torno de doze e quinze anos.

Este cão, possui caráter herdado de ambas as raças que lhe deram origem, sendo um cão dócil, muito fiel, ativo, sociável, inteligente e carinhoso, portanto, uma boa companhia para crianças, pessoas com deficiência, idosos, pessoas alérgicas e para terapia.

Costumam se dar bem outros animais, inclusive com gatos e costumam ser receptivos ao conhecer pessoas novas.

Eles precisam de algum cuidado especial?

Devido ao cruzamento bem-sucedido que deu sua origem, dificilmente este cão vai apresentar doenças recorrentes ou muito graves.

Ele precisa de alguns cuidados para se manter saudável e com boa aparência, alguns destes envolvem visitas ao veterinário, e alguns poucos cuidados diários.

Por possuir uma pelagem longa e enrolada, que é de longe um dos atributos que mais chama atenção na aparência do Goldendoodle, mas precisa de cuidados mais dedicados.

A escovação dos pelos precisam ser feita diariamente, para evitar que formem nós, sendo necessário utilizar uma escova macia e própria de uso veterinário.

O banho também é um cuidado importante para o Goldendoodle, podendo ser realizado de uma a duas vezes ao mês, de acordo com a sujeira do cão, que pode variar de acordo com o local onde vive.

Uma tosa higiênica também é recomendada a cada dois meses. Em períodos de calor essa tosa pode ser completa, para que o cão não sinta tanto calor e incomodo durante as estações mais quentes do ano.

Por ser um cão que gosta de comer, sendo até um tanto guloso, sua alimentação precisa ser a mais balanceada e nutritiva possível, pois mesmo sem ter fome ele continua comendo, o que pode facilitar o sobrepeso ou até mesmo obesidade.




Exercícios físicos frequentes é uma necessidade desta raça, por ser um cão ativo, você pode sair para correr com ele todos os dias, fazer caminhadas ou brincar. Além disso é necessário alguns passeios curtos ao longo do dia para que ele possa fazer suas necessidades.

Quais são as principais doenças desses cachorros?

Um dos primeiros cuidados em relação a saúde, se refere aos ouvidos do Goldendoodle, por terem as orelhas caidas podem apresentar infecção no local com maior facilidade, por isso é importante limpá-las com algodão ou gaze suave utilizando um produto apropriado para higiene do local.

Por serem cães híbridos, apesar do cruzamento bem-sucedido, herdam algumas doenças características de ambas as raças.

No caso do golden retriever, podem herdar displasia de quadril, sendo recomendado visitas periódicas ao veterinário, para facilitar, caso haja diagnostico positivo, um tratamento adequado.




Tanto dos poodles como dos golden retrievers, podem herdar a tendencia a doenças no sangue, como é o caso da doença de Von Wilebord. É uma doença que afeta a formação das plaquetas.

Podem herdar dos poodles tendencias a doenças relacionada a visão, como a entropia ocular e a catarata.

Os golden e os poodle tem propensão a doenças relacionadas a visão, as que mencionamos são apenas algumas, mas é preciso um cuidado e atenção maior com relação a visão dos Goldendoodle, já que essa é uma característica em ambas as raças, afinal essas doenças relacionadas a visão porem levar a cegueira do animal.

Vale lembrar também, que apesar da herança genética que citamos o que facilita o aparecimento de algumas doenças, é importante realizar consultas ao veterinário a cada seis ou doze meses.

Mantenha as vacinas em dia, desparasitação quando necessário, além da higiene bocal, ocular e auditiva, estes são cuidados básicos em todo cão.

Como faço para comprar ou adotar um?

Os Goldendoodle, são cães adoráveis e apresar de sua existência inicialmente ser pensada para atender pessoas com deficiência visual e alergias, esses cães se mostram presentes em outros contextos devido a sua personalidade, afinal são ótimos cães e de fácil convívio.

Como são cães misturados, geralmente são mais fáceis de achar para adoção em ongs e grupos de redes sociais, mas nesse caso, por estarem em alta e com bastante procura pode ser um pouco complicado de encontrar para adoção.

Hoje em dia existem canis que fazem a mistura, basta dar uma procurada pela internet que você vai encontrar um perto de você!

Sites de vendas como mercado livre e olx estão cheios de cães à venda, mas fique de olho, peça para ver fotos dos locais, dos pais e irmãos do seu cachorro, e se qualquer sinal de maus tratos for notado, reporte as autoridades!

Clique aqui e veja tudo sobre as raças de cachorros!




Loading...